Bom Jardim

Francisco Alves De Araújo
  • Prefeito: Francisco Alves De Araújo

  • Aniversário Prefeito: 19/07

        Foi José Pedro Vasconcelos primeiro desbravador das terras de Bom Jardim, nelas desenvolvendo atividades agrícolas que viriam a transformar o povoado por ele criado em grande centro produtor. Mais tarde, graças ao esforço de um de seus antigos moradores, Gildásio Brabo, Bom Jardim tornou-se município pela Lei Nº 2735, de 30 de dezembro de 1966, totalmente desmembrado de Monção e conservando sua primitiva denominação, cuja origem não é conhecida. O primeiro prefeito do município foi o próprio responsável pela sua emancipação.

Gentílico: bom-jardinense

Formação Administrativa

        Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Bom Jardim, pela lei estadual nº 2735, de 30-12-1964, desmembrado de Monção. Sede no atual distrito de Bom Jardim ex-localidade. Constituído do distrito sede. Instalado em 14-03-1967.

        Em divisão territorial datada de 01-01-1979, o município é constituído do distrito sede.

        Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

 

Fonte:IBGE

MUNICÍPIO DE BOM JARDIM

Lei n° 2.735 de 30 de Dezembro de 1966. Cria o Município de BOM JARDIM.

O Governador do Estado Do Maranhão,
Faço saber a todos os seus habitantes que a Assembléia Legislativa decretou e eu sanciono a seguinte Lei:

Art.1° - É criado o Município de Bom Jardim, desmembrado unicamente do Município de Monção, de acordo com os limites fixados na presente lei.

Art.2° - O Município de Bom Jardim constituí termo da comarca de Pindaré-Mirim e se compõe de um único Distrito Judiciário.

Art. 3º - É elevado a categoria de cidade e convertido em sede do município o atual povoado de Bom Jardim.

Art. 4º - São os seguintes os limites do município de Bom Jardim:

a) Com o Município de MONÇÃO:

Começa na foz do Igarapé Crauassu à margem esquerda do rio Pindaré; segue pelo leito desse Igarapé até sua cabeceira mais alta; segue daí por uma reta à foz do Igarapé do Limoeiro e por este acima até frontear com o povoado Garrafa que inclui para Bom Jardim; segue daí pela pica da Petrobrás ao lugar curva do Raimundo Trindade; segue pela dita picada até onde esta terminar; segue daí por uma reta EO até a serra de Piracambu.

b) Com o Município de IMPERATRIZ:

Começa no lugar do marco, ponto final da reta EO da picada da Petrobrás, que vem do lugar curva do Raimundo Trindade, na serra de Piracambu, segue por essa serra até a cabeceira do afluente Poranguetê; segue por esse Igarapé até a sua foz à margem esquerda do rio Pindaré.

c) Com o Município de SANTA LUZIA:

Começa na foz do afluente Poranguetê à margem do rio Pindaré; segue pelo leito desse até encontrar o limite de Santa Inês.

d) Com o Município de SANTA INÊS:

Começa no lugar do marco dos limites do município de Santa Luzia com esse município; segue pelo leito desse rio até encontrar o marco divisor deste com o município de Pindaré Mirim.

e) Com o Município de PINDARÉ MIRIM:

Começa no lugar do marco divisor deste município com Santa Inês, à margem direita do rio Pindaré; segue pelo leito dêsse rio até frontear a foz do Igarapé Crauassu à margem esquerda do rio Pindaré.

Art. 5º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação; revogadas as disposições em contrário.

Mando, portanto, a todas as autoridades a quem o conhecimento e execução da presente Lei pertencerem que a cumpram e a façam cumprir tão inteiramente como nela se contém. O Exmo. Senhor Secretário de Estado dos Negócios do Interior e Justiça a faça publicar, imprimir e correr.

Palácio do Governo do Estado do Maranhão, em São Luis, 30 de dezembro de 1966, 144º da Independência e 77º da Republica.

JOSÉ SARNEY
Alberto Vieira da Silva
Cícero Neiva

PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL DE 30 DE DEZEMBRO DE 1966
PROJETO DE LEI N° 95/66
 

 

Este texto não substitui o original publicado em imprensa oficial.


FAMEM © 2018 - Todos os direitos reservados