Bequimão

Antonio Jose Martins
  • Prefeito: Antonio Jose Martins

  • Aniversário Prefeito: 23/04

OS PRIMITIVOS habitantes do povoado foram os indígenas, seguido pelos colonizadores portugueses que se faziam acompanhar de escravos.

      Por iniciativa de Antônio Rodrigues, foi doada uma área para construção de uma capela dedicada a Santo Antônio, tendo a Freguesia recebido o nome de Santo Antôno e Almas.

      O solo fertil atraiu novos moradores, promovendo o seu desenvolvimento, fazendo com que os habitantes se organizassem em busca da emancipação. Tendo à frente o capitão José Mariano Gomes de Castro e Holfênio João Cantanhedo obitiveram êxito e, em 1923, criou-se o município, com a denominação de Godofredo Viana, então Governador do Estado.

      Em 1930, o topônimo foi alterado para Bequimão. Em 1931, perdeu sua autonomia, restaurada quatro anos depois.

Gentílico: bequimoense ou bequimãoense

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Santo Antônio e Almas, pela Provisão Regia de 07-11-1805. Subordinado ao município de Alcântara.

      Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Santo Antônio e Almas figura no município de Alcântara.

      Elevado à categoria de município com a denominação de Santo Antônio e Almas, pela lei estadual nº 801, de 21-04-1918, desmembrado de Alcântara. Sede no antigo distrito de Santo Antônio e Almas. Constituído do distrito sede.

        Pelo decreto estadual de 31-12-1923, o município Santo Antônio e Almas passou a denominar-se Godofredo Viana.

        Pelo decreto estadual nº 7, de 24-11-1930, o município já denominado Godofredo Viana passou a denominar-se Bequimão.

        Pelo decreto estadual nº 75, de 22-04-1931, é extinto o município de Bequimão, sendo seu território anexado ao município de Alcântara.

        Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito já denominado Bequimão figura no município de Alcântara.

        Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Bequimão, pelo decreto estadual nº 855, de 19-06-1935, desmembrado de Alcântara. Sede no antigo distrito de Bequimão. Constituído do distrito sede. Não temos datada de instalação.

        Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído do distrito sede.

        No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído do distrito sede.

        Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município permanece constituído do distrito sede.

        Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alterações toponímicas municipais

Santo Antônio e Almas para Godofredo Viana alterado, pelo decreto estadual de 31-121923.Godofredo Viana para Bequimão alterado, pelo decreto estadual nº 7, de 24-11-1930.

 

Fonte:IBGE

MUNICÍPIO DE BEQUIMÃO

Lei nº 269 de 31 de Dezembro de 1948. Cria O Município De BEQUIMÃO.

LIMITES MUNICIPAIS

1 – Com o Município de PINHEIRO:

Começa na foz do Igarapé Felix, à margem direita do rio Pericumã; segue pelo talvegue deste rio à jusante, até a foz do riacho Gama, á sua esquerda.

2 – Com o Município de GUIMARÃES:

Começa na foz do riacho Gama, à margem esquerda do rio Pericumã; segue pelo talvegue deste rio à jusante até sua foz na baía do Cumã e pela linha do meio desta baía, até defrontar a barra do rio Raimundo Su.

3 – Com o Municipio de ALCÂNTARA:

Começa na confluência dos Igarapés Raimundo Sú com o Jararaltá, até a cabeceira deste último e daí por uma reta até a confluência do Igarapé Joaquim dos Santos com o rio Aurá.

4 – Com o Município de CAJAPIÓ:

Começa na foz do Igarapé Tubarão, à margem esquerda do rio Aurá; segue pelo talvegue deste rio à montante, até a foz do Igarapé Joaquim dos Santos, à sua margem esquerda.

5 – Com o Município de PERI MIRIM:

Começa na foz do Igarapé Joaquim dos Santos, à margem esquerda do rio Aurá; segue pelo curso deste Igarapé, à montante, até o lugar Repartimento; segue por um alinhamento reto ao capão do pântano do Maracujá; daí segue por uma reta ao lugar Centro dos Câmaras; deste ponto segue pela estrada que passa pelos lugares Remédios, Meão e Santana; daí por um alinhamento reto á foz do riacho Flaviana, no riacho Vitória; segue pelo veio do Flaviana até a enseada do Pericumãzinho; daí continua à foz do Igarapé Felix, à margem direita do rio Pericumã.

DIVISAS INTERDISTRITAIS

O Município constitui um só distrito.
 

 

Este texto não substitui o original publicado em imprensa oficial.


FAMEM © 2018 - Todos os direitos reservados